Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




SER DISCRIMINADO PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO!

por Neurótika Webb, em 28.10.16

Como se não bastasse terem que escolher o que vão fazer para o resto da vida aos 15 anos (assim como nos aconteceu a nós!), a educação em Portugal não é má, é péssima!

O meu filho, que está a tirar o mesmo curso que eu, tem exactamente o mesmo programa que eu tive....há 30 anos atrás!

Mesmo quando nós temos a remota esperança que há pelo menos alguém com 2 neurónios a funcionar no Ministério da Educação, vai que os senhores nos surpreendem novamente e provam-nos que nem esses dois neurónios funcionam em condições.

Depois de termos respirado de alívio quando foi tomada a decisão que Educação Física não contava para a média de entrada na faculdade, eis que a decisão é revogada e a dita diusciplina volta a fazer parte integrante das médias e, consequentemente vai estragar a média a muitos alunos.

Ter Educação Física não me choca, é uma maneira de manter os miúdos activos fisicamente, mas a nota contar para a média é o mesmo que impor a TODOS os cursos a disciplina de desenho...ou contabilidade!

Aposto que os alunos que escolheram seguir Educação Física (peço desculpa mas nem tenho a mais remota ideia como se chama a área!) iriam protestar...assim como os respectivos pais! 

Sempre fiz desporto a vida toda, ainda hoje faço e sempre fui uma péssima aluna a Educação Física, safou-me o facto de ter médias altas às outras disciplinas...mas em vez de entrar na faculdade com média de 18, entrei com 15,7, graças a.....Educação Física!

Quero também agradecer ao Ministério da Educação a minha aversão, até à data de hoje, por Voley, que fui obrigada a jogar incessantemente. É certo que Nuno Crato foi um dos piores Ministros da Educação que passou por este país, mas das poucas coisas acertadas que fez, é desfeita por este executivo. 

Ou seja, esta medida é discriminatória!

 

Pergunta: porque é que os alunos de educação física não são obrigados a ter desenho? Ou outras disciplinas de outros cursos? 

Resposta: Ahhhh....pois, assim só entravam na faculdade praí 3 alunos por ano! Basta imaginarem um aluno de educação física a ter Desenho ou Contabilidade...

 

Infelizmente o Ministério da Educação é o exemplo acabado do Mau Aluno: copia os sistemas estrangeiros (e mal!), é incapaz de ter uma ideia original e, nós contribuintes, qual pais diligentes, continuamos a pagar principescamente a incompetência destes senhores.

 

Deixo aqui um desafio ao João Costa, secretário de estado da educação: já que os alunos têm que ser bons a tudo, mostre-nos lá que é bom a desenho...e já agora a educação física, e a ciências, e a matemática, e a física....pois foi segundo essa premissa (conforme declaração ao Expresso) que Educação Física voltou a contar para a média!

publicado às 09:55


13 diagnósticos

Imagem de perfil

De Psicogata a 28.10.2016 às 14:43

Educação física depende muito mais de aptidão física do que de motivação e estudo, a Neurótica fala de desenho, mas poderia falar de música e porque não canto, podiam ensinar os miúdos a cantar e só teria 20 quem cantasse bem.
Não tem lógica, especialmente porque na maioria das aulas os alunos são avaliados apenas praticamente, não existem testes teóricos, é injusto para quem não tem apetência para o desporto, mais ainda porque obrigam os alunos a apreenderem tudo e nada, eu posso ter jeito para voleibol e ser uma nódoa a futebol.
Imagem de perfil

De oBomIdiota a 28.10.2016 às 15:33

Não concordo nada, porque a componente prática de Educação Física não é avaliada nesses parâmetros. Jogar bem futebol, voleibol? Acham mesmo que é preciso jogar bem para ter boas notas? Jogar bem é para aqueles miudos que com 10, 11 ou 12 anos já jogam em clubes de futebol (extra curricular) e aí sim é que é preciso jogar bem. Agora eu lembro me de ser aluno de Educação Física, e lembro-me daquilo que me era exigido por "cada desporto" em que éramos avaliados. E não saía dali nenhum Messi do futebol, voleibol ou ginástica. Aquilo era o mínimo dos mínimos. Por favor, não é preciso vocação para fazer o pino, nem para contar uns mecos com uma bola de futebol, quem ouvir falar até parece que as aulas de Educação Física são tipo preparação para os Jogos Olímpicos.

E eu tive Música no 5.º e 6.º ano e também não era bom com instrumentos, mas também o que me exigiame era que soubesse as notas do hino da alegria na flauta, não que tocasse um set completo de Bach em violoncelo.
Imagem de perfil

De Psicogata a 28.10.2016 às 18:08

Ninguém estava a falar em craques, estava a falar de jeito, tinha colegas que quando lhe passavam uma bola encolhiam-se. Tinha outros homens e mulheres que nas aulas de ginástica até se magoavam, fazer pinos, a roda e saltar de trampolim não é para toda a gente.
Eu sou 100% a favor que se estimule o desporto e sempre fui boa aluna a educação física mas acho injusto que a disciplina conta para a média de acesso à faculdade.

Comentar neurose



Neuroses

Neuroses

Fovias

Manias

Insonias

OS OUTROS BLOGS



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.