Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Anatomia das paixões

por Neurótika Webb, em 14.05.15

(conversa telefónica, incrivelmente longa e maçadora, mas que deu para tratar 10 imagens e responder a uns emails)

 

- Mas como assim? Dizes tu que a paixão é uma coisa que não existe?

- Sim, ainda hoje mencionei isso, são reacções químicas no cérebro, que podem durar entre 6 a 18 meses, depois, foi-se!

- Desculpa, mas há pessoas que andam apaixonadas a vida toda.

- Eu, por exemplo, ando sempre a apaixonar-me. Ainda no outro dia me apaixonei por um par de sapatos e lá se foi o dinheiro das férias.

- Lá está tu! Estou a falar de homens! Não podes amar um par de sapatos, não podes ter uma relação com um par de sapatos...

- Olha, por acaso tenho lá uns pares em casa que duraram mais tempo que qualquer relação que tenha tido!

 

publicado às 14:51


8 diagnósticos

Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 18.05.2015 às 15:19

Cala-te! Tens é que agradecer ao rafeiro, é gay e faz os sapatos mais sexys do mundo!!!
Imagem de perfil

De Varufakis a 18.05.2015 às 15:24

Pronto então se é assim, vou reconsiderar a palavra rafeiro!

Comentar neurose



Neuroses

Neuroses

Fovias

Manias

Insonias

OS OUTROS BLOGS



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.