Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



LOST IN TRANSLATION...VERSÃO COREANA!

por Neurótika Webb, em 23.08.18

o-lost-in-translation-facebook.jpg 

Ok, estamos em Agosto...é a silly season, está tudo fechado e de férias.

 

Mas ontem recebo a seguinte mensagem no telemóvel,

 

"Homework:

 커피 드시 겠어요?"

 

do meu professor de coreano.

 

O meu primeiro pensamento foi, "t.p.c.? mas não estamos de férias?", mas depois claro, a curiosidade vence!

Lá meti mãos ao trabalho, primeiro identificar as palavras...keopi, ok esta é fácil, é café! deusi, não faço a mais remota ideia do que quer dizer! g-eo-i-s-s, idem, heohiu (eoyo?), pois também não!

 

Como fiquei na mesma, vai de traduzir aquilo no Google Translate! Resultado: "Gostarias de um café?"

 

Fiquei a olhar para aquilo, o que é que eu faço agora? Mando a tradução? Mas que coisa tão estranha!

Decidi adiar a coisa...mando amanhã, faz de conta que não vi a mensagem.

(aqui é de frisar que é Agosto e os meus neurónios também estão de férias!)

 

Depois de almoço, e ainda a achar tudo aquilo muito estranho, deu-me para meter aquilo no Google, mas desta vez no browser. 

Primeiro resultado: flirting in Korean!

Estava por acaso a beber café e ía literalmente cuspindo o café todo!

Foi assim que de repente se fez luz e percebi que me está a convidar para tomar café.

 

O que é que eu faço agora?

Faço-me de parva e mando a tradução e faz de conta que não percebi?

Faço de conta que não vi a mensagem e depois arranjo uma desculpa?

Não é estranho aceitar?

 

...o problema é que me apetece mesmo aceitar o convite! (já tinha dito que o homem é giro que se farta, não tinha?)

 

Entretanto aceitam-se sugestões e opiniões, porque estou há dois anos "fora do mercado" e já não me lembro como é que isto se faz!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:12

A MINHA VIDA, TAL COMO A CONHECIA, ACABOU!

por Neurótika Webb, em 22.08.18

berries-chocolates-delicious-918327.jpg

Andava com umas borbulhas parvas.

 

Quando fui à médica, para me passar os exames do check-up anual, ela reparou no meu pescoço cheio de borbulhas assanhadas e deu logo o dignóstico, "isso é uma alergia!", e toca de me passar a credencial para ir fazer os testes às alergias...uma coisa muito fofinha em que passam uma manhã a picar-nos e a testar substância que potencialmente podem causar alergias.

 

É de frisar aqui que há 14 anos atrás me aconteceu a mesma coisa, fiz uma alergia à proteína da carne e passei ano e meio a legumes, de tal forma que ainda hoje não posso ver soja e derivados da soja à frente!

 

Mas ano e meio a legumes é uma coisa tolerável comparado com isto!

 

O culpado pela alergia é o CHOCOLATE!!!!

 

Ou seja, acho que vou morrer!

 

Detesto açúcar, mas a única coisa doce que comia era chocolate (pronto, do negro! ou seja, era impossível fazer mousse de chocolate cá em casa). 

 

Sem o chocolate, quando tiver baixas de açúcar como o quê? Açúcar???? Nem morta!

Quando estiver ansiosa, como o quê?

Quando estiver cansada, como o quê?

Quando estiver a estudar, como o quê?

 

ALGUÉM ME EXPLICA COMO É QUE SE VIVE SEM CHOCOLATE????

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:52

DEIXAR DE FUMAR: DIA #1

por Neurótika Webb, em 13.08.18

Estou com bichos carpinteiros e só me apetece agredir alguém. 

Vou-me trancar em casa para ver se consigo acabar o dia sem ir presa!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:16

VOU DEIXAR DE FUMAR...E DESTA VEZ É A SÉRIO!

por Neurótika Webb, em 10.08.18

female-1859969_1280.jpg

Já deixei de fumar 2 vezes, a última durante 2 anos...e depois voltei!

 

Há 1 ano atrás mudei para o Iqos, além de ter engordado 8 quilos (sim, acontece, mesmo indo ao ginásio 4 vezes por semana) e passei a fumar mais, porque os cigarros são mais pequenos. Vamos ser francos, a piada do Iqos é a quantidade de acessórios que aquilo tem, desde as tampas, às capas, dá para decorar aquela coisa de todas as maneiras e feitios.

 

Em Julho decidi contabilizar o dinheiro que gastei em tabaco e a linda quantia foi 157,50€! Uma barbaridade.

 

Além do dinheiro, também existe o facto inegável de que já passei dos 40 e os riscos cardio-vasculares aumentarem exponencialmente. 

 

Portanto que se lixe! Já que engordei, vou aproveitar o balanço e vou largar isto de uma vez por todas. Vou passar andar mais a pé, e se calhar em vez de 2 horas vou passar 3 horas no ginásio, porque se cortar mais na comida, morro! Não posso comer gorduras, detesto açúcar, tenho que comer muito vegetal verde (quem não percebe a razão desta dieta procure um post anterior sobre a doença genética que tenho e que faz o sangue líquido)...só se passar fome.

 

Tenho ainda 2 maços ali, o que quer dizer que 2ª feira é o D-Day.

Se a coisa correr como das vezes anteriores, vou estar 2 dias que parece que meti os dedinhos numa tomada eléctrica e um humor um bocadinho pró volátil, ao 3º dia a coisa acalma.

 

Wish me luck!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:58

CONHECEM ALGUM BRUXEDO CONTRA AS AVARIAS DOS CARROS?

por Neurótika Webb, em 10.08.18

vintage-1950s-887272_1280.jpg

Isto só pode ser karma ou bruxaria...

 

É o terceiro, TER-CEI-RO, carro em que se me avaria a porcaria da embraiagem!

Ou eu sou uma besta a meter mudanças, ou isto não é muito normal!

Desta vez, vá lá, o carro estava estacionado (vinha a sair das Finanças, porque uma desgraça nunca vem só!), não foi como da outra vez que vinha a subir a Calçada de Carriche...só subi meia, portanto.

 

A prendinha de férias são 1500 euros (ainda não se me encaixou muito bem este número no cérebro, tenho os neurónios em negação) de arranjo. É bom, não é?
 
Aparentemente há muito carro por aí avariado porque só me conseguem pegar no carro no dia 20...vou morrer.
 
Portanto, se alguém conhecer um bruxedo contra as avarias das embraiagens, avise. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:31

VOLTAR A ESTUDAR...DEPOIS DOS 40!

por Neurótika Webb, em 09.08.18

people-2557396_1280.jpg

 Não foi uma decisão que tomei de um momento para o outro...mas porque me fartei!

Fartei-me de tudo!

Da comunicação social, da instabilidade no trabalho, dos ordenados em atraso e de não ter horários (já agora, as horas que trabalhamos a mais não são pagas!)

 

Há uns meses tomei a decisão...vou mudar de vida!

Mas para mudar de vida tenho que fazer uma requalificação profissional e adquirir novas competências...vai daí, inscrevi-me num curso, e já estou a pensar fazer outro depois deste, se tudo correr bem já a trabalhar, porque este não dá licenciatura, apenas me dá certificação e abre-me as portas para outro mercado de trabalho.

 

Agora estou de férias, mas com uma tonelada de coisas para estudar porque no dia em que recomeçarem as aulas, vou ter logo um teste e a apresentação de um trabalho de grupo!

Já não me lembrava destas coisas...e escolhi um curso que não é NADA fácil.

Primeiro porque já entrei no curso passados 15 dias de ter começado e tinha uma tonelada de matéria em atraso, segundo porque estou numa área que não tem nada a ver com a minha...saúde! Mas tive a sorte de descobrir os acessos directos (que no meu tempo não existiam) para pessoas com mais de 23 anos! (só tens que fazer um examezito....piece of cake! Not!)

 

Estava um bocadito nervosa com a coisa toda, mas para meu espanto, só temos uma pessoa com 23 anos na turma, o resto tem tudo mais de 30. Nunca pensei que tanta gente voltasse à escola...o colega mais velho tem 51...um ex-engenheiro. Da comunicação social somos duas, a outra colega uma ex-empregada do Diário Económico, que como se sabe o outro senhor pirou-se pró Brasil!, e quase todos nós temos licenciaturas...que já não nos servem para nada!

 

É engraçado repetir esta experiência 20 anos depois, mas já com uma perspectiva mais calma, e menos frenética (e menos embriagada!) da coisa.

 

Agora vou-me atirar aos livros porque entre legislações (uma das quais a famosa da privacidade!), sistema respiratório e vascular, os planos que são uma terminologia abstracta para escrver relatórios, porque o médico a quem eu entregar o relatório tem que perceber em que zona do corpo se encontra o "problema", e psicologia da comunicação, tenho umas horinhas valentes à minha frente agarrada aos livros!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:05

FOLLOW FRIDAY À DESCARADA!

por Neurótika Webb, em 22.06.18

Zero.Two.(Darling.in.the.FranXX).full.2308722.jpg

Imagem: WLOP 

 

Vou então vender o meu peixe. Para aqueles que andam distraídos, abri um blog novo: o Nijikon. Este blog é bom para aqueles aventureiros que estão fartos de ver as coisas do costume e não se assustam com séries numa língua indecifrável.

 

POSOLOGIA:

- Otakus

- Nijikons

- Fãs de Anime

- Fãs de K-Pop

- Fãs de J-Pop

- Fãs de música

- Fãs de K-Drama

- Fãs de arte

- Fãs de K-Idols

- Fãs de rapazes giros em geral

- Fãs de Manga

- Fãs do Japão

- Fãs da Coreia do Sul

- Fãs de Cosplay

- Pais de teenagers que andam literalmente aos papéis

- Estados depressivos em geral

- E estados de aborrecimento crónico

 

INGREDIENTES:

Anime, manga, k-pop, k-drama, j-pop, j-drama, arte, cosplay, gente bonita e boa música.

 

CONTRA-INDICAÇÕES:

Pode causar dependência severa e obsessão pela cultura asiática. 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

AFINAL NÃO SOU A ÚNICA MÃE ESQUISITA POR AÍ!

por Neurótika Webb, em 20.06.18

maxresdefault.jpg

 

Eu sei que o meu filho tem orgulho em mim, adora apresentar-me aos amigos, adora mostrar os meus desenhos a toda a gente e, frequentemente, põe-me a falar com o amigos via Discord. (só o facto de eu saber o que é o Discord já é estranho)

 

No Sábado fomos ao Festival do Japão que se realizou no Parque das Nações e, como de costume, estava eu e um bando de teenagers! Não é que me importe porque acho graça aos miúdos, mas fico sempre na dúvida se eles se importam. Eu queria ir e o meu filho quis por força que fosse com ele e com os amigos, até porque "tens que ver a S****, que vai entrar no desfile de cosplay!" 

 

E lá fui eu...

 

A meio da tarde, apareceu a mãe de 2 amigas do meu filho, que estavam connosco. Cumprimentámo-nos e passado um bocado comecei a observar as interacções dela com as filhas, a falar animadamente do Hwarang...parecia eu e o meu filho! 

 

A senhora, que é mais velha que eu, também gosta de manga, anime, k-dramas e k-pop. O meu telemóvel tem um fundo do Tokyo Ghoul, o dela tem os BTS! Passámos horas a falar de k-dramas, os melhores sites para ver, as nossas bandas favoritas.

 

Quando lhe perguntei o que fazia, ela respondeu...programadora! Óbvio! 

 

Há uns anos atrás interrogava-me se era normal ainda ver séries de anime e gostar de coisas estranhas, hoje acho que é uma vantagem, falo a mesma linguagem que o meu filho. Quando ele me pergunta o que é que eu acho do Discord, eu sei do que ele está a falar, ou se eu acho que ele deva ver o Akame ga Kill, ou qual é o comando para fazer o launch do prompt do MS DOS.

 

Conheci outra mãe como eu e cada vez me convenço mais que ser uma Otaku-Mom é uma vantagem!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:17

HOJE FOI DIA DE ARRUMAR A CASA!

por Neurótika Webb, em 19.06.18

nijikon_jpg.jpg

Como já devem ter percebido, tenho uns gostos um bocadito estranhos...e muitas das vezes apetece-me escrever sobre eles, mas neste blog a coisa não funciona muito bem.

 

Vai daí, abri um novo blog que vai falar dessas esquisitices todas, tipo anime, k-pop, k-dramas e afins.

 

O meu novo "menino" chama-se Nijikon, que é um termo japonês que me pareceu apropriado (Nijikon (二じコン), from the English "2D complex", is the feeling or opinion that two-dimensional anime or manga characters are more attractive, visually, physically or emotionally, than real-life people. in Wikipedia), mas estejam descansadinhos, não se aplica a mim.

 

Agora ide lá dar uma vista de olhos! Tá giro ou não tá?

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:15

SLICE OF LIFE MUITO MAL SERVIDA!

por Neurótika Webb, em 12.06.18

Nana-Poster-Anime-Art-Silk-Posters-Wall-Decor-Prin

Este é basicamente mais um daqueles posts que só meia dúzia de pessoas vão ler, talvez a Isa (e a sua cara metade, que são os únicos por aqui que partilham as minhas dores). 

 

Para quem ainda não percebeu, tenho uns quantos vícios na vida (o único que faz mal à saúde é fumar) outro é anime (sim, são desenhos animados, e depois?!). Tenho uma subscrição de um canal web e uma watch list que tem 3 páginas e que vai crescendo todos os dias, culpa do My Anime List!

 

Como se não bastasse o My Anime List, depois de uma conversa animada com a Isa e o "Gajo da Isa", como ele se auto-intitula, a coisa ainda ficou pior. Deram-me mais umas dicazitas e a dita lista ainda ficou maior! Vi o Shokugeki no Soma de rajada, já estou na nova temporada, semanalmente à espera de novos episódios, juntamente com o Tokyo Ghoul Re:, que me está a enervar, e o Darling in the Franxx, que parece que levei com um balde de água fria depois deste último episódio (ou seja, este plot twist foi um bocadinho meh! e eu que estava a gostar tanto daquilo).

 

Sou uma rapariga que gosta mais de pancadaria e gore (litros e litros de sangue, tipo o 1º episódio do Elfen Lied, fiquei logo apaixonada pela moça a arrancar cabeças a torto e a direito). Mas fiquei um bocadito curiosa como que a Isa disse...essa coisa do Slice of Life, confesso que nunca me tinha dado para aí.

 

Vai daí fui ao My Anime List ver quais os melhores e, pelos comentários, decidi-me pelo Nana. 

 

Foram 47 episódios de ansiedade e depressão pura e dura. Tive flash backs, apeteceu-me gritar, ir pró Facebook à procura do pessoal do meu grupo da faculdade...porque aquilo lembrou-me tudo os meus 20 anos, em versão músicos em vez de artes. Resumindo, sofri que nem uma condenada e tive saudades de toda a gente de quem me separei há 20 anos.

 

Mas adiante. Depois de 47 episódios, que valem a pena nem que seja só pela arte e pela música (da Anna Tsuchiya), eis que levo com o pior final de sempre! Não é mau, é pra lá de mau! Eleva ao expoente máximo a expressão "acabou com a galinha no meio da estrada!" Não sabemos o que aconteceu a uma das personagens principais. Estão apenas 4 no final, todos os outros desaparecem e ficamos com aquela sensação de insatisfação e de partir tudo depois de termos sofrido tanto.

 

Fui desesperadamente para o Google, para ver se a série de Manga tinha acabado da mesma maneira, mas aparentemente a série foi interrompida porque os autores ficaram doentes. Fica-se a saber mais qualquer coisinha, mas toda a gente se queixa do mesmo.

 

A história é mais ou menos esta: duas raparigas encontram-se no comboio bala em direcção a Tokyo, uma vai atrás do namorado e a outra quer seguir uma carreira profissional na música. Coincidência das coincidências, chamam-se as duas Nana, e acabam por partilhar uma casa. Não vou aqui agora estar a resumir a coisa toda, mas a história gira em torno de 2 bandas rivais e a outra Nana que é basicamente uma cabecinha de vento que se apaixona por tudo e por nada e que tem o sonho de casar e se tornar uma dona de casa (não percebo!). Aparentemente, pelos comentários que li, ninguém achou estranha a relação entre a Layla, de 23 anos, e o Shin, de 15 anos (impressão minha ou é pedofilia?), ou o facto de todas as personagens terem uma obsessão doentia pela Nana (a cabecinha de vento, mas que me fez chorar que nem uma madalena, a estúpida!). 

 

Resumindo, são só personagens traumatizadas, andei deprimida uma semana e nem sei como é que não cortei os pulsos. E no fim, levei com um final daqueles que só me apetecia partir o computador...mas não parti porque isto foi caro comó raio!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:13


Neuroses

Neuroses

Fovias

Manias

Insonias

OS OUTROS BLOGS



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.