Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Doenças cardio-vasculares agora estão "In"!

por Neurótika Webb, em 22.09.15

Ía andando tudo à estalada! Gerou-se aqui uma confusão por causa das modelos gordas.

 

Eu, fico com a minha e ninguém me faz mudar de ideias.

 

Todas criticamos as modelos excessivamente magras, por promoverem doenças como a bulímia e a anorexia, moda que começou com a Kate Moss numa campanha da Calvin Klein, em que as "waifs" (modelos excessivamente magras) e o chamado "heroin chic" passaram a ser o novo ideal de beleza do final dos anos 90.

 

Até aqui tudo bem. Sou perfeitamente a favor deste argumento.

 

A minha pergunta é: passámos do 8 para o 80?

Ou o excesso de peso não tem riscos para a saúde?

A obesidade não é uma doença?

Andamos a defender o quê?

Ou dizemos a uma teenager para comer o que lhe der na bolha, especialmente que comida sem ser saudável, é aceitável? Estamos a dizer o quê? "Em vez de deixares de comer e teres complicações várias, tipo osteoporose precoce, é preferível entupires-te com hamburgers e batatas fritas e teres um AVC aos 35"?

 

Mas anda tudo doido? Ou não devemos ser a favor do equilíbrio e da vida saudável?

 

Acredito firmemente que esta nova moda é uma excelente desculpa para quem não tem (ou não quer ter) absolutamente controlo nenhum sobre o que come!

 

Digam lá se isto é sexy? Ou se por outro lado, não vos dá vontade de ir já a correr vomitar o pequeno almoço com medo de ficar assim? (sim, acredito firmemente que imagens destas é que provocam bulimia!)

30932bb0-8499-0132-43f4-0ebc4eccb42f.jpg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:13


10 diagnósticos

Sem imagem de perfil

De Língua Afiada a 22.09.2015 às 14:15

O melhor dessa foto é que a própria modelo tem tatuados dois rostos de mulheres magras!
Eu já várias vezes falei sobre isto, parece que agora é moda dissociar excesso de peso de doenças e associa-lo a moda. Anda tudo louco.
E como quem se demonstra contra esta moda é apelidado de preconceituoso a maioria lá se junta à manada e acha piada às campanhas parvas com "mulheres reais", mas as outras são bonecos?
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 22.09.2015 às 14:28

e o mais bonito é que, aqui em Portugal, vais na rua e é raro veres uma mulher assim tão gorda. Algumas têm excesso de peso, mas é muito raro veres estas "mulheres reais"!
Agora temos que nos equiparar a estas enormidades norte-americanas alimentadas a hamburgers e xarope de milho?
ou esta gente acha que aquilo é o protótipo de saúde?
Sem imagem de perfil

De Língua Afiada a 22.09.2015 às 15:14

Sim, é verdade em Portugal existe muita gente com excesso de peso, mas assim com esse porte não.
Uma coisa é não descriminar as pessoas com base no seu peso, outra é promover o excesso de peso.
Anda tudo doido. É como acharem que as pessoas fazem exercício apenas para serem magras, quando a vantagem maior nem é essa, mas sim o ganho a nível de saúde. Tenho um exemplo em casa, o meu marido que sempre foi magro, estava pré-hipertenso, com pulsações acima do normal, começou a fazer 2/3 corridas por semana e agora tem pulsações de atleta, abaixo do normal.
E se para algumas pessoas fazer exercício é uma seca para outras pode ser divertido, as pessoas fit não são obrigatoriamente escravas da imagem.
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 22.09.2015 às 15:22

Há uns anos atrás, quando deixei de fazer desporto, emagreci tanto que o médico mandou-me pró ginásio para ganhar massa muscular. Aumentei 4Kg num mês. Portanto percebo-te.
É claro que agora precisava de voltar ao ginásio para tirar estes 5 Kg a mais!
Sem imagem de perfil

De Língua Afiada a 22.09.2015 às 15:29

É claro que uma pessoa se sente melhor se tiver o peso que ambiciona ter, eu também perdia 5kg de bom grado especialmente se pudesse escolher onde os perder.
Mas posso correr à vontade se continuar a comer o que bem me apetece dificilmente os irei perder :)
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 22.09.2015 às 15:38

eu ainda tenho esperança de os perder. o meu corpo é temperamental como a dona. se ando a dieta não perco uma grama. deixo de fazer dieta e, o tipo de um dia pró outro começa a queimar tudo. até já fiz exames à tiroide, mas está tudo normal.
Sem imagem de perfil

De Língua Afiada a 22.09.2015 às 15:54

Eu estava mal habituada, comia o me apeteci e não engordava, mas o metabolismo começou a ficar cada vez mais lento e tenho cada vez mais dificuldade em emagrecer.
Fazer dieta é complicado, mal penso em dietas só me apetece comer coisas que engordam.
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 22.09.2015 às 16:42

como eu te compreendo!....
Imagem de perfil

De nervosomiudinho.blogs.sapo.pt a 22.09.2015 às 18:12

Aquele braço é maior que a minha coxa. Que sociedade de exageros, aquilo não é saudável e ela assim dificilmente chega aos 60.
(osteoporose não tem H)
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 22.09.2015 às 18:18

obrigada...pois não tem....que grande besta que eu sou! ahahaha

Comentar neurose



Neuroses

Neuroses

Fovias

Manias

Insonias

Arquivo Clínico

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D




Memento