Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Anatomy of a Boyfriend

por Neurótika Webb, em 24.11.15

Uma amiga, a falar comigo sobre a filha de 16 anos, mostrou-se preocupada porque a miúda começou o primeiro relacionamento sério.

O primeiro namorado.

Como está divorciada há 14 anos, ela e a filha desenvolveram uma realção próxima, e a filha conta-lhe tudo.

A miúda, está a ser pressionada pelo namorado, 1 ano mais velho, para irem para a cama.

Pois! O costume! E nós já não somos da geração em que casávamos virgens, portanto percebemos bem o dilema.

Confidenciou à mãe que não sabe se está preparada, que está com imensas dúvidas e inseguranças e acha que (por esse motivo) é "esquisita", dado que a maior parte das amigas já iniciaram a sua vida sexual.

 

Lembrei-me de um livro, perfeitamente hilariante, que li há uns tempos atrás: "Anatomy of a Boyfriend", e enviei o eBook à miúda.

 

O livro tem como personagem principal a Dominique, que é uma adolescente de 17 anos, "marrona", que quer ser médica e cujo o foco principal é entrar numa boa Universidade...até conhecer o Wes, um rapaz tão cheio de dúvidas e inseguranças quanto ela e que, como ela, nunca teve uma namorada.

 

Uma viagem pela "primeira vez", o primeiro beijo, as primeiras "experiências", a primeira relação sexual, a primeira vez que experimentam sexo oral, descritos pela própria personagem principal, que nos transportam para as nossas próprias "primeiras vezes".

 

O livro é hilariante e recomendo vivamente aos adolescentes e...às mães das adolescentes.

 

Deixo dois excertos do livro, o primeiro após a "primeira vez" e o segundo "a primeira tentativa de sexo oral".

 

"Once there, I let the faucet run and study myself in the mirror. I‘m not sure what to think. My body doesn‘t feel any different. I gaze down at my arms and stomach and legs, and I don‘t look any different. But I am different. I just had sex. My vagina had a penis inside of it. I wonder if my Shorr friends and teachers will detect it somehow, or my mom and dad for that matter. It‘s going to feel so weird being sexually active, living in the same apartment with the two people who had to have sex to create me."

 

"But Wes isn‘t random. And right now all I care about is how good I can make him feel, how close we are right now. I‘m able to swallow most of his semen as it shoots into my mouth, and I‘m surprised at the lack of taste given how much stuff is in it—glucose, fructose, vitamin C, vitamin B12, sulphur, zinc, potassium, magnesium, calcium, copper. It‘s like a perverted multivitamin."

 

boyfriend-large.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:13


11 diagnósticos

Imagem de perfil

De Ana Rita 🌼 a 25.11.2015 às 07:34

Diagnóstico positivo a este post. A final todos nós passamos por essa primeira vez, mais cedo ou mais tarde, melhor ou pior.... Todos fomos lá bater com as costas! E, tendo em conta que hoje em dia a sexualidade começa cada vez a despertar mais cedo nas nossas crianças, este é sem dúvida um livro a ler. Não tenho filhas adolescentes, mas tenho uma sobrinha com 15 anos. Acho que é uma bela prenda, funciona como ajuda para o tema da sexualidade e ao mesmo tempo acaba por estar a ler em inglês e treina a língua.
Bom post, obrigado pela partilha
Imagem de perfil

De Ana Rita 🌼 a 25.11.2015 às 15:45

Olha se me puderes fazer esse favor adorava!!

Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 25.11.2015 às 15:52

Não tens o email visível, envia-me um email e eu envio-te o ebook. :)
Imagem de perfil

De Ana Rita 🌼 a 25.11.2015 às 17:12

anamendes_10@hotmail.com

OBRIGADAAAA
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 25.11.2015 às 17:16

Já enviei o email com os 2 livros. Beijinhos
Imagem de perfil

De miss X a 27.11.2015 às 16:04

Posso ser intrometida e pedir para mim também :-)?
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 30.11.2015 às 14:05

Enviei-te por mail...para aquele que tens no teu perfil. :)
Imagem de perfil

De A Miúda a 25.11.2015 às 09:55

No 2º excerto a comparação está bastante boa .

Em relação ao assunto que é bastante sério, penso que ninguém deve ser pressionado a nada. Se ele está a fazer pressão, acho que ela não devia continuar com ele. Se ele gostasse mesmo dela, respeitava a vontade dela de não querer e não insistia em fazer algo que ela não quer.
Pelo menos eu penso assim.
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 25.11.2015 às 14:39

Mas achas que existe algum puto de 18 anos que não pressione?
Ou que aos 18 anos exista o "gosto MESMO dela"?
Com essa idade o que dita tudo são as hormonas.
Ela quer...mas está com medo da primeira vez...como todas nós.

Comentar neurose



Neuroses

Neuroses

Fovias

Manias

Insonias

Arquivo Clínico

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D


A Paciente

foto do autor



Memento